quinta-feira, 28 de março de 2013

MARCO FELICIANO NÃO NOS REPRESENTA (Repúdio brasileiro)

Desde que foi eleito para o cargo de Presidente da comissão dos Direitos Humanos e Minorias, após ter feito declarações racistas e homofóbicas contra negros e homosexuais, o deputado e pastor Marco Feliciano vem sendo alvo de protestos e manifestaçãos em todo o país pedindo o seu afastamento do cargo a que foi lhe confiado. O problema da revolta das pessoas , não está no fato da religião e sim do modo a que ele se refere aos gays e as próprias minoris a que ele terá que como representante por direito defender.

Um dos mais sensatos vídeos já encontrados na web, em resposta a Feliciano está o vídeo da Blogueira e evangélica Jussara Oliveira. Ela fala principalmente usando como base de seu discurso o sublime amor de Deus e cita este como o principal elemento que está faltando entre os homens na atualidade inclusive e principalmente dentro das igrejas, o que tem levado a sociedade a se contaminar com a ira e converter-se em puro ódio, onde não é possível  mais conviver em paz com as diferenças, e diversidade passa a ser um mito. 

Veja a seguir alguns dos fatos em fotos e vídeos das manifestações que se seguiram desde que a polêmica deu início.





Manifestantes protestam em Copacabana contra a nomeação do pastor Marcos Feliciano para a Presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Divulgação

Cerca de 300 pessoas se reuniram no dia 16/03 em Copacabana, no Rio de Janeiro,, num protesto contra o deputado Pastor Marcos Feliciano (PSC-SP) na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. Carregando cartazes de repúdio ao deputado, e ao som do grupo de maracatu e candomblé Tambores do Olokun, os manifestantes saíram do Posto 5 da Praia de Copacabana em direção ao Posto 2, na altura do Hotel Copacabana Palace. Duas das três faixas de rolamento da Avenida Atlântica, no sentido Leme, foram interditadas.




A atriz Fernanda Montenegro, nome mais respeitado dos palcos nacionais, aproveitou a entrega do Prêmio APTR (Associação dos Produtores de Teatro do Rio), que aconteceu nessa segunda-feira (25/03), para protestar contra o deputado Marco Feliciano (PSC/SP). O protesto não poderia ser diferente. A atriz, de 83 anos, deu um beijo na boca da também atriz Camilla Amado, 71, responsável pela preparação de muitos atores para o cinema e a TV. 




Artistas, políticos, líderes religiosos e movimentos sociais contrários à permanência do Deputado Pastor Marco Feliciano na presidência da comissão programaram um ato, na noite desta segunda-feira (25/03), na Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro do Rio de Janeiro, em defesa da "Comissão de Direitos Humanos para tod@s" e contra o "projeto político de intolerância que a presidência do pastor Marco Feliciano representa para o Congresso e para os brasileiros". Dentre eles estavam os cantores Caetano Veloso e Preta Gil, o ator Wagner Moura e a atriz Dira Paz 



DECLARAÇÂO DA XUXA NO FACEBOOK:

MEU DEUS !!!  Eu tava lendo agora sobre esse "pastor"... que DEUS nos ajude. Gente!!!! socorro! Vamos fazer alguma coisa! esse "deputado disse que negros, aidéticos e homosexuais não tem alma. Existem crianças com AIDS. Para este senhor elas não tem alma??????
O que é isso meu povo?
E hj tá nos jornais que ele ainda, durante uma pregação, disse a um fiel, que "doou o cartão , mas não a senha. Aí não vale. Depois vai pedir milagre para Deus. Deus não vai dar e vai dizer que Deus é ruim"!!!!!!!!!
Todo mundo sabe o quanto eu respeito todas as religiões, mas esse homem não é um religioso, é um monstro. Em nome de DEUS ele não pode ter poder ...
Religiosos (padres, pastores, evangélicos) todos os religiosos todos sabem que o que ele fala e "prega" está errado.
como vamos nos proteger deste tipo de pessoa.
Esta pessoa não pode ser presidente da comissão de direitos humanos. Ele não pode ter este espaço para usar, pisar e denegrir o ser humano... esse é o direito de nós, humanos nos protegermos desse tipo de pessoa.



Através do Instagram, o ator Cauã Reymond postou uma plaquinha com os dizeres: “Não importa o que eu sou, Feliciano não me representa”. A imagem, claro, foi compartilhada à exaustão nas redes sociais.

Lázaro Ramos 


Outras classes, de héteros a religiosos de várias religiões inclusive da própria religião do pastor Feliciano também fizeram questão de demonstrar de alguma forma o seu repúdio.

































Entenda melhor o porque da revolta do povo contra o pastor Marco Feliciano.
Veja o vídeo:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...