sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

ASSIM É A AMIZADE!

     Olá amigos!

Desculpem eu não ter dado mais as caras por aqui. Sei que meus leitores estavam com saudade, mas é que o meu tempo mesmo nas férias tem sido muito corrido, e sendo assim tenho aproveitado esse tempo para pôr algumas coisas minhas em ordem, por isso não tenho feito mais nenhuma postagem aqui no blog. 
Porém hoje estava eu procurando algo na net para enviar como depoimento para um amigo, mas me frustrei por não encontrar nada que caísse direitinho com o que eu gostaria de expressar. Daí pensei, por que não fazer com minhas própria palavras? Foi aí que abri o Word e comecei a digitar o que me vinha na cabeça sobre o que é a AMIZADE. e escrevi assim.....




Espero que tenham gostado do meu poema, (rsrs). Eu agora atacando de poeta e escritor hein?

Mas nem estava programado criá-lo, mas como veio a inspiração esse foi o momento. Apenas transcrevi no mesmo instante o que eu sinto e o pensamento que eu tenho em relação a AMIZADE, pelo fato de que houve um momento em minha vida que eu achava que ninguém era verdadeiro o bastante, e que todos os meus amigos eram falsos comigo.

Gente o que acontece, é que sendo bons ou maus, ninguém vive sem amigos, todo mundo precisa tê-los. O importante é aprender a lidar com as pessoas, não precisa se afastar totalmente, e esse foi o meu caso. Em tempos de turbulência nas minhas amizades, comecei a passar uma peneira e sabe como isso ia terminar se eu não tivesse parado pra pensar e concertar o meu erro? Eu ia acabar ficando sozinho, eu comigo mesmo, e só. Comecei a colecionar não inimigos, mas intrigados, o que só me fazia mal, por isso é a coisa mais certa do mundo, se você tem raiva ou ódio de alguém esse sentimento só vai prejudicar a você mesmo, não a outra pessoa. Esse sentimento pode até mesmo vir a se transformar numa doênça. Mas graças a Deus que eu dei a volta por cima e continuo dando. Chegou um momento eu que eu disse: Êpa, tá errado esse negócio! Vou começar a concertar tudo isso. E comecei a fazer as pazes com cada pessoa que eu havia deixado de falar, e hoje posso te dizer o quanto minha vida mudou depois disso. Voltei a sorrir mais, voltei a ser mais alegre como antes, e nos ambientes onde antes eu chegava que tinha um intrigado meu, eu não me sentia bem, era tudo esquisito, hoje isso não existe mais. Antes era estranho por que as pessoas notavam, minha reação era diferente. E o pior era que os amigos que eu ainda tinha eram os mesmos dos meus intrigados, e aí eu evitava chegar perto deles quando eles estavam na companhia de quem eu não gostava. Hoje é tudo paz, graças a Deus. É como se a cada pessoa que eu volto a fazer as pazes, é um peso a menos nas minhas costas, um fardo muito pesado que vai diminuindo e com certeza em breve não vai pesar mais nenhum pouquinho, eu creio nisso e essa é minha intenção. 

Se você planta o bem você colhe o bem, se plantar o mal, o bem é que você não vai colher, concordam? Então é isso que eu penso agora, vou viver minha vida e quem quiser ser meu amigo, eu aceito, mesmo alguém que venha com falsidades que a gente sabe que existe, mas é preciso saber viver, então bola pra frente. A pessoa é que analise se ela sendo falsa comigo ou com outro alguém ela prejudica somente a pessoa ou a si mesma, ela é que vai pagar pelo seu erro, e pela sua língua, no meu caso, eu entrego a Deus.

Se alguém te der um tapa ofereça o outro lado, mas não revide, pois aquele tapa um dia volta pra essa pessoa sem precisar você se sujar. Continue sendo quem você é. Transmita alegria, sorria, pois assim as pessoas se sentirão bem perto de você e assim você será especial na vida das pessoas e vai começar a fazer o contrário de quando cometi o meu erro, você vai passar a colecionar novas amizades, e daí só basta você cultivá-las. E lembre-se "A amizade verdadeira a gente é quem constrói!"


                              Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Homenagem ao amigo Renato de Macêdo Victor (In memorian)

Minha primeira postagem nesse ano de 2012 vem com um ar de tristeza, mas que jamais poderia deixar passar em branco. Estes primeiros dias de 2012 tem sido bastante tensos, sobretudo pelo ocorrido com o nosso amigo Renato de Macedo Victor, mais conhecido como Renato de Bóris, que num ato de desespero e de fraqueza suicidou-se na Praia de Camurupin - RN na última terça-feira (03/01/2012). Tudo ainda continua sendo um mistério onde ninguém sabe ao certo qual o principal motivo que o levou a cometer tal loucura. E mesmo que tudo isso continue sob muitos pontos de interrogação, ainda continuamos sem acreditar que isso tenha sido verdade, pois é difícil mesmo acreditar. Ainda há quem ache que o corpo encontrado não foi o dele, e que ele poderia até ter retornado à Macapá onde ele estava trabalhando há alguns meses e de onde havia retornado a alguns dias. O que se sabe é que após seu retorno de lá, ele recebia constantes telefonemas que o deixava bastante nervoso e estima-se que tudo tenha a ver também com a pessoa na qual ele mantinha um relacionamento há um ano e que também estava com ele lá trabalhando.


Minha Mensagem a todos os meus amigos:

Queridos amigos, quero hoje lhes dizer que existe sempre ao nosso redor muita gente que nos ama, nunca duvide disto viu! Recentemente perdi este grande amigo que estava com depressão e que tbm sofria por uma desilusão amorosa. Não tivemos tempo de perceber isso com certeza e ele resolveu antecipar as horas de seu relógio da vida e pará-lo, e ele se suicidou jogando-se de cima das pedras contra o mar. Apesar dele achar que ninguém gostava dele, ele era cercado de amigos que o amavam de verdade e ele não imaginava isso, talvez uma cegueira espiritual não o deixava enxergar essa realidade. E na hora da morte ele ligou pra sua melhor amiga  e falou que amava a cada um de seus amigos, mas não dava mais para ele continuar. Por isso amados, sejamos vigilantes em nossas vidas, sabendo pedir o auxílio de Deus em nossas escolhas, pois só ele pode nos ajudar num momento de fraqueza. E então  meu amigo, como tudo nesta vida é passageiro, as tristezas e angústias tbm são! Nada é para sempre, só o amor de Deus!. Pensem nisso. Nesses dias tbm parei para refletir como é bom valorizar os amigos, ter muitos amigos, e mesmo que muitos não valorizem sua amizade como merece, faça sua parte...  Então, quanto a nossa amizade seja ela real ou virtual, quero  dizer a cada um de vcs...

TE AMO AMIGO(A)!


Ricardo Bevenuto






(In memórian - Renato de Macêdo Victor) #LUTO




Como tudo aconteceu:


Tudo aconteceu na Terça-Feira (03/01/2012), Renato e a família chegam à Praia de Camurupim para passar a primeira semana do ano. Ele estava muito animado segundo alguns amigos afirmaram, e até o meio dia ele ainda ligou muito animadíssimo para Daniela de Zé Raimundo, sua melhor amiga, da qual nesses últimos dias não desgrudava dela se quer um só segundo, era como se ela fosse sua proteção, um refúgio para ele. Na noite anterior foi a última vez que falei com ele por telefone, conversamos sobre a virada de ano onde após eu chegar de Cachoeira do Sapo, ainda fiquei com eles, os amigos de sempre, que passam reveilon na casa de Zé Raimundo (pai de Daniela), onde fiquei até o amanhecer e entramos durante o dia todo comemorando o novo ano que acabara de chegar, mas nessa ligação Renato nem me falou que iria viajar para praia no dia seguinte. Passei uns 5 minutos falando com ele, e ele falou que estava com Daniela e Zé Raimundo na frente ao colégio M. Severiano para entregar o Freezer de lá.

Então na noite de terça feira, mesmo dia que chegaram à Praia de Camurupim, começa o drama vivido por quem acompanhou tudo, a família que estava lá, alguns que estavam aqui, inclusive os amigos com quem se comunicava por telefone. Mal a noite chega e Renato recebe uma ligação como outras tantas que havia recebido nos últimos dias, segundo informaram, parecia ser uma mulher, e ele xingava muito essa pessoa. E quando em um certo momento sua mãe reclamou e pediu que falasse mais baixo pois ele estava chamando a atênção de todos, ele falou que ele iria sair dali sim, mas não iria mais voltar e eles não o veriam nunca mais.  Foi aí que ele saiu, e quando sentiram sua falta, acharam que ele deveria ter ido comprar cigarros. Mas nessa hora ele se dirigia para as pedras onde tudo aconteceu, e então ligou para Daniela de Zé Raimundo contando onde estava e o que iria fazer naquele momento, que iria se jogar de cima das pedras. Em seguida ligou para a amiga Gilmara, e também Betinha mas com ela não conseguiu falar. O mesmo que ele falou para Daniela, falou também para Gilmara. 

As duas ficaram desesperadas apesar de não acreditarem que ele fosse capaz de cometer realmente o suicídio. Daniela implorou que ele não fizesse isso, que não deixasse ela sozinha pois ele era a sua melhor companhia, mas ele dizia que iria fazer sim e no dia seguinte todos iriam ter a notícia. E dizia que sua vida não tinha mais sentido, que a pessoa que ele amava não o queria mais e que ninguém gostava dele, por isso não dava mais para continuar. Em outro momento quando falava com Gilmara ela falou que ele não precisava fazer aquilo, que amanhã seria um novo dia, mas ele insistia dizendo: "Um novo dia pra vocês, mas de tristeza"

Ou ele realmente estava decidido, ou realmente algo maior o impulsionava. Segundo Daniela, em uma das ligações não parecia nem a voz dele, mas em outra ligação na qual ele só fazia chorar e ela ouvia o barulho do vento e das ondas, nessa hora o choro era realmente do Renato que ela conhecia. E assim, durante a última tentativa de falar com ele, ela não mais conseguiu , o celular já estava na caixa de mensagem, certamente foi a hora em que ele já tinha se jogado sobre o mar. 

Enquanto isso os telefones não pararam de se comunicar, amigos e famíliares começaram a fazer uma busca por ele na praia, sem ninguém acreditar que ele realmente poderia feito uma loucura dessas. Então no dia seguinte em Riachuelo-RN começa a se espalhar a notícia. Eu mesmo soube na Quarta-feira à noite, mas não acreditei. E agi assim como tantas outras pessoas que achavam que ele poderia ter ido para algum outro lugar mas em breve apareceria. Poderia até mesmo ter dado um jeito de voltar às escondidas para Macapá como fez da outra vez, por que não?

E durante a Quinta-Feira, ainda ninguém tinha notícias concretas do que poderia realmente ter acontecido, mas, quando a noite se aproximou, foi aí que o corpo dele foi encontrado na Praia de Tabatinga, realmente como os pescadores havia afirmado, que caso ele realmente tivesse morrido iria aparecer em uma praia vizinha não na mesma. E assim começam a chegar os telefonemas que ninguém queria receber confirmando o que ninguém queria que fosse verdade. Uma tristeza para todos os amigos e familiares. Renato realmente havia se suicidado.

No dia seguinte, Sexta-feira, quando eu acordei, já ouço alguém gritar na rua perguntando que horas seria o sepultamento. Nessa hora percebo que não sonhei...

Parecia até mentira...

E na manhã de Sexta feira aconteceu o sepultamento, realizado às pressas, nem se quer foi para a igreja e passou direto para o semitério pois o corpo já estava em estado de decomposição. Muitos de seus amigos não tiveram nem tempo de ir dar o último adeus, inclusive eu.


Chorei muito pela dor da perda desse amigo, o qual era tão alegre, divertido, fazia a gente rir...
Meu amigo Jodson passou o ano novo aqui, e tivemos momentos felizes e tão alegres ao lado de Renato.
Agora fico lembrando dele dançando as músicas da Calypso (A banda da qual era muito fã) no amanhecer da virada do ano lá em Zé raimundo, das risadas e tbm até do choro que indicava que algo nao ia bem, pois ele estava sensível demais no últimos dias. Ele realmente estava depressivo desde que chegou do Macapá, mas  não deu tempo de ninguém diagnosticar essa depressão com certeza, uma pena...mas nunca pensei que ele pudesse fazer o que ele fez. Hoje só restam as boas lembranças, inesquecíveis e engraçadas, dos gritos histéricos de vez quando, da língua solta que soltava uma piada com alguém e fazia a gente sorrir, do linguajar próprio que ele inventava e que aos poucos todo mundo já estava falando igual. Do seu jeito único de ser e de viver a vida com intensidade. Amigo você deixou muitas saudades.





Momentos de saudades que você nos deixou...

Momentos em Macapá

Em Macapá

Com a amiga Gilmara


Em Macapá com o chapeuzinho que já era sua marca registrada

Com a amiga Betinha


Era essa alegria que contagiava a todos
Ele amava dançar! 



Aos 17 anos com Raffaela Queiroz numa festa Surpresa 
para o amigo Expedito no ano de 2003 (vestidos de vampiros)

Em São Paulo do Potengi na Maré Mansa Casa Show
após a vaquejada com as amigas Josinéia, Ítala, e Gilmara

Em Outubro de 2006 comigo e Raymundo

Em 2008 Na 2ª campanha do Ex-Prefeito Júnior Bernardo, comigo e os amigos Ítala e Júnior.

No ano de 2010 na Quadrilha Sacode Nordeste com Jadiele

Com o amigo Expedito Cabeleireiro 
(presidente do Arraiá Sacode Nordeste)
com quem atuou junto à ele na organização da quadrilha.

Na sede do PETI (Programa de Erradicação do Trabalho Infantil)
Onde trabalhava.

Com a amiga Íris

Uma belíssima foto!





Novas fotos de Renato em vários momentos



Sentado em frente a Padaria de Rignel

No Arraiá do Povão 2010

Arraiá do Povão 2010




Momento Sacode Nordeste


O Rei do milho da quadrilha 


Componentes da Quadrilha Sacode Nordeste

No Salão da Creche Pequenos Querubins




Momentos com amigos


Com as amigas Néia e Ítala

Sempre cercado de carinho

Com a amiga Betinha


Com o amigo Cícero Nunes

Com Jaíne

Com Gislaine





Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...